5 razões para legalizar os cassinos no Brasil

Mais de sete décadas após sua proibição oficial no Brasil, os cassinos voltam a aparecer com força no debate político nacional. Existe uma grande vontade de legalizar e regulamentar toda a atividade relacionada jogos de azar, projeto que conta com o apoio de importantes personalidades da política brasileira.

O desafio é superar a resistência de grupos conservadores e religiosos que são contrários à implementação de cassinos, mas este cabo de guerra tende a durar pelos próximos meses. Alguns setores mais otimistas creem em uma resolução até meados do ano que vem.

Apesar disso, há motivos para acreditar que a liberação dos cassinos seja bastante positiva para o Brasil. Abaixo, listamos cinco razões para a legalização deste segmento no Brasil, como já acontece em diversos países do mundo. Confira:

Impacto no turismo

Não é à toa que o principal setor que faz pressão para liberação dos cassinos é o turístico. Nomes como Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo, e Gilson Machado Neto, presidente da Embratur, são alguns dos principais entusiastas para a instalação dos chamados resorts integrados.

No entendimento do setor, o estabelecimento de cassinos no país tende a atrair um numeroso grupo de turistas que viajam simplesmente para apostar pelo mundo, além de gerar interesse em um público internacional de alto poder aquisitivo.

Alguns países vizinhos se beneficiam desse turismo, como Argentina, Paraguai, Uruguai e Chile, que podem ser vistos como exemplos positivos para o Brasil.

Maior arrecadação

Com mais turistas chegando ao Brasil, mais receita arrecadada. Este é outro argumento muito forte daqueles que são favoráveis à liberação. O próprio ministro da Economia, Paulo Guedes, é um defensor da liberação por ver uma oportunidade de negócio considerável, especialmente em um momento de crise econômica que o país vive – cenário agravado pela pandemia.

Existe, ainda, uma expectativa de atração de investimento estrangeiro na ordem de R$ 50 bilhões, o que certamente é um fator impactante para a aprovação do projeto de lei que visa regulamentar a atividade no Brasil.

A arrecadação com turismo não é a única forma de gerar receita. Outro caminho é a tributação dos grandes players do mercado de jogos de azar, tanto presencial quanto online, como acontece em países como Portugal, que arrecadou com impostos mais de 20 milhões de euros só no primeiro trimestre deste ano.

Geração de empregos

Além de aumentar a capacidade de gerar receita para o país, a instalação de cassinos em resorts integrados pode ser uma importante aliada no combate ao desemprego, que é um dos principais problemas com o qual o governo federal precisa lidar.

Olhando para o passado, mais precisamente nas décadas de 30 e 40 – o período áureo dos cassinos no Brasil –, a atividade gerou mais de 40 mil empregos por todo o país. Não seria diferente desta vez, já que a manutenção de um cassino demanda muitos profissionais.

Aliás, a estimativa é ainda maior: cerca de 190 mil empregos poderiam ser gerados, de acordo com Vinicius Lummertz, ex-presidente da Embratur e atual secretário de Turismo do Estado de São Paulo

Atração de espetáculos e eventos

Se olharmos novamente para o passado, percebemos que os cassinos eram muito mais do que casas de jogos de azar: estabelecimentos como o Cassino da Urca, Cassino Atlântico e Copacabana Palace, apenas para ficar nesse exemplos, se notabilizaram por receber espetáculos e apresentação de artistas como Carmem Miranda, Grande Otelo, Lamartine Babo, Virginia Lane, entre outros – além de atrações internacionais.

Ter cassinos de qualidade no país pode ser um enorme incentivo à cultura e entretenimento, pois seriam espaços pensados também para a realização de shows em termos de infraestrutura.

Além disso, os cassinos poderiam muito bem abrigar congressos, feiras, convenções e outros grandes eventos nacionais e internacionais, aumentando o potencial atrativo que o país naturalmente já tem por conta de sua beleza natural.

Desmistificação do jogo

Por fim, é importante falar na desmistificação dos jogos de azar no Brasil, o que é justamente o motivo que faz com que muitos sejam receosos a respeito da legalização. A regulamentação da atividade traria mais luz a um segmento por vezes marginalizado.

Com boas práticas de Jogo Responsável, como acontece em todo cassino do mundo – online ou presencial – é possível afastar jogos como roleta, blackjack e caça-níqueis de uma imagem negativa de vício e contravenção a qual ele muitas vezes é associado.

É sempre bom lembrar que, embora a atividade ainda não esteja regulamentada, muitos cassinos online operam no Brasil com licenças internacionais. No entanto, ter órgãos reguladores nacionais e emitir licenças próprias só tendem a ser positivo para os milhões de brasileiros que já apostam na internet.

Cassino Bônus 
BodogBodogR$5.000Jogar
BetwayBetWay CasinoR$4.000Jogar
LeoVegasLeoVegasR$8.000Jogar